Transformador – O que é e como funciona

transformador

Simbologia do Transformador

Quando temos uma instalação elétrica, constantemente precisamos alterar os valores de tensão que trabalhamos para usar em diversos circuitos. Para isso usamos o transformador.

O transformador é um dispositivo usado para alterar valores de tensão em corrente alternada. Ele é baseado nos princípios eletromagnéticos da Lei de Faraday e Lei de Lenz.

Como funciona o Transformador?

O funcionamento do transformador é bem simples, ele possui um núcleo e enrolamentos, ou bobinas. O que ele faz é transmitir a corrente de um enrolamento para outro, a partir de eletromagnetismo. Com isso, conseguimos controlar o valor da tensão de saída a partir da tensão de entrada. Aqui trabalharemos com transformadores de somente dois enrolamentos, mas existem modelos com múltiplos enrolamentos.

Vale lembrar que, seguindo as Leis de Faraday e de Lenz, para criarmos corrente em um circuito a partir de um campo magnético ele precisa ser variável, ou seja, os transformadores só funcionam com corrente alternada, por necessitarem dessa variação.

Vamos a seguir ver as partes que formam um transformador:

  • Núcleo – No geral é feito com um material altamente imantável, pois é ele quem vai transmitir a corrente de um enrolamento para outro.
  • Enrolamentos – São as bobinas, feitas de fio de cobre com uma camada de verniz que serve como isolante. Como geralmente temos dois enrolamentos, para entrada e saída de corrente, eles são chamados de enrolamento primário e enrolamento secundário.

transformador

Uma característica do transformador, é que ele permite que os circuitos conectados aos enrolamentos sejam isolados entre si. Isso não acontece quando trabalhamos com um autotransformador, em que os enrolamentos estão em contato entre si.

Como calcular a tensão de saída em um transformador?

A tensão de saída em um transformador depende do número de espiras, ou seja, voltas de fio do enrolamento secundário em relação ao primário.

Pode parecer complexo no inicio, mas veja a forma que relaciona as tensões do primário e secundário com o número de espiras do primário e secundário:

transformador

Onde:

  • V = Tensão ( Volts )
  • N = Número de Espiras da bobina

Percebeu como funciona essa relação matemática? Se o número de espiras no secundário for o dobro que o número de espiras do primário, a tensão no secundário vai ser o dobro que a tensão do primário, por exemplo.

Veja o vídeo da instalação COMPLETA de um sistema de ENERGIA SOLAR